Utilizar Processo de Seleção Inversa

Filtros


Atalhos para busca

Objetivo

Seleção inversa é um processo que otimiza a distribuição dos produtos comprados e entregues de forma centralizada, fazendo com que a DISTRIBUIÇÃO das mercadorias recebidas seja direcionada as FILIAIS/COLIGADAS sem serem armazenadas, ou seja, sem permanecer no estoque da empresa distribuidora (CD).

O processo de seleção inversa inicia na aquisição dos produtos, onde, a partir da geração do pedido de compra centralizada é feita a geração do pedido a expedir e a receber.

Quando a empresa distribuidora recebe as mercadorias é feita a entrada da nota fiscal e a conferência de recebimento, e, a partir da liberação da carga de recebimento são aprovados os pedidos a expedir e gerados os pedidos de venda, iniciando o processo de expedição para separação e distribuição das mercadorias para as empresas destino (filiais/coligadas). Após faturar o pedido de venda é gerada a nota fiscal de saída para as empresas destino.

Pré-Requisitos e Restrições

Este documento é referente aos recursos de seleção inversa parametrizados e executados no módulo comercial. Ao utilizar o Locus é necessário realizar cadastros e parametrizações específicas diretamente no módulo Logística (WMS – Locus).

Cadastros Relacionados:

Os cadastros listados abaixo são obrigatórios quando a o recebimento de mercadorias é feito no módulo Logística  (WMS – Locus).

Forma de abastecimento

Forma de abastecimento na divisão da família ou no produto na empresa

Local de movimentação de estoque

Local padrão de seleção inversa para os produtos expedidos

Prioridade de abastecimento para seleção inversa

Parâmetros Relacionados

Parâmetro para Geração dos Pedidos de Venda

Local Padrão Seleção Inversa para Produtos Recebidos


Passo a Passo

Etapas do Processo

Compra Centralizada

O processo de seleção inversa inicia na compra das mercadorias, ao identificar que o pedido é de uma compra centralizada são gerados automaticamente os pedidos a expedir, para a empresa que negociou a compra, e os pedidos a receber, para as  filias/coligadas.

O pedido de compra pode ser criado pelas aplicações:

Pedido de Compra e Transferência de Suprimentos

Quando o pedido de compra é gerado pela aplicação ‘Manutenção de Pedidos‘, a tela  ‘Itens a Expedir’ fica habilitada para definir, produto por produto, o quanto da quantidade comprada será expedida para as outras empresas, e quais empresas receberão as transferências. Ao finalizar a geração do pedido de compra, são gerados automaticamente os pedidos a expedir e a receber.

Nota: Itens a Expedir

A tela de itens a expedir fica habilitada quando o pedido de compra possui itens que possuem associado a forma de abastecimento do tipo seleção inversa, caso contrário, essa área não ficará habilitada.

O pedido a expedir é aprovado após a entrada e liberação da nota fiscal de recebimento.

Gerenciador de compras

Quando o pedido de compra é gerado pela aplicação ‘Gerenciador de Compras‘, ao gerar o pedido e informar que a empresa de faturamento será a empresa central de compra, o sistema identifica que trata-se de uma compra centralizada para o processo de seleção inversa, ou seja, todos os produtos do lote serão entregues e faturados para a empresa central, nesse caso, o sistema gerará os pedidos de transferência a expedir da empresa central para as lojas e os pedidos a receber para as lojas.

Recebimento de Mercadorias

Recebimento pelo Módulo Logística (WMS –  Locus)

Quando o processo de recebimento de mercadorias é feito utilizando o módulo logística  (WMS – Locus), para que os produtos de seleção inversa sejam transferidos para as lojas sem serem armazenados no CD, é necessário que a forma de abastecimento do tipo seleção inversa e o local padrão seleção inversa tenham sidos parametrizados.

Quando a conferência de recebimento é feita pelo módulo Logística, após a emissão do termo de liberação da carga, os pedidos a expedir gerados no pedido de compra são aprovados e gerados os pedidos de venda para as empresas destino.

Recebimento no Módulo Comercial (SM)

Quando o processo de recebimento de mercadorias para seleção inversa é feito utilizando o módulo comercial, serão feitos os procedimentos normais de recebimento, a nota fiscal é incluída no sistema e, após e sua liberação é feita a conferência de recebimento. Nesse caso, os pedidos a expedir gerados no pedido de compra são aprovados após a liberação da nota de recebimento (nota integrada no sistema) e gerados os pedidos de venda para as empresas destinos.

Aprovação dos Pedido de Transferência 

Os pedidos de transferência a expedir podem ser aprovados na aplicação Aprovação de Pedidos de Transferência (Transferência após Recebimento) ou podem ser aprovados automaticamente, por meio da configuração dos parâmetros:

IND_APROVA_PEDTRANSF_AUTO

IND_APROVA_PEDEMI_AUTO

Recebimento parcial das mercadorias

No caso das mercadorias serem recebidas parcialmente, é feito o rateio dos produtos de acordo com as quantidades recebidas. O rateio para o recebimento parcial das mercadorias segue dois critérios:

Proporção da quantidade recebida

O sistema verifica o percentual da quantidade a ser expedida para cada filial/coligada, com o total a ser expedido do produto e aplica esse percentual de acordo com a quantidade conferida, atendendo desta forma todas as filiais/coligadas.

A definição se o rateio da quantidade recebida será por proporção ou por prioridade da empresa é configurado por parâmetro dinâmico.

Prioridade da empresa

O sistema utiliza a ordem de prioridade estabelecida no cadastro do comprador. Quando a definição de prioridade de abastecimento não estiver definida no cadastro do comprador, o sistema utiliza as informações definidas nos parâmetros da empresa.

A definição se o rateio da quantidade recebida será por proporção ou por prioridade da empresa é configurado por parâmetro dinâmico.

Nota: A prioridade de abastecimento deve ser configurada na empresa que gera a transferência.

Conceito de Seleção Inversa e Crossdocking no ERP Consinco

Quando acontece um recebimento parcial das mercadorias e os cadastros e parametrizações necessários para o processo de seleção inversa (forma de abastecimento do tipo seleção inversa e o local padrão seleção inversa) não foram executados, o ERP Consinco trata a transferência dos produtos para as lojas como uma operação de crossdocking, ou seja, no recebimento parcial do pedido de compra os saldos de transferência a expedir são zerados, ou seja, o estoque fica no CD e não é transferido para as lojas.

Quando existe a parametrização da forma de abastecimento do tipo seleção inversa e o local padrão seleção inversa  e acontece um recebimento parcial de mercadorias, o ERP Consinco entende que está operando o processo de seleção inversa e faz o tratamento para considerar o saldo pendente do recebimento parcial.

Expedição para empresas destino (filiais/coligadas)

Após a geração do pedido de venda para as empresas filiais/coligadas deve ser feito a  roteirização/geração de carga de expedição, conferência de expedição e faturamento do pedido.

Roteirização/Geração de Carga para Expedição

Nessa etapa é feita a roteirização e geração da carga de expedição, para os clientes que não utilizam a roteirização, a carga de expedição pode ser gerada nas aplicações ‘Geração de Cargas por Cliente‘ ou ‘Gera Carga de Expedição do Pedido‘.

Conferência de carga de expedição

Após a roteirização/geração da carga de expedição, é executada a conferência da carga de expedição. A conferência de expedição pode ser realizada tanto pelos processos do módulo comercial (SM),  como nos processos do Locus.

Na conferência de expedição do módulo comercial (SM): é possível utilizar  a aplicação ‘Conferência de Itens das Cargas de Expedição‘ ou realizar a conferência por coletores RF.

Faturamento

Após a liberação da carga de recebimento, é gerado o pedido de venda. Para faturar o pedido é possível utilizar os seguintes recursos:

Faturamento do pedido de venda

Faturamento do pedido pelo venda balcão

Faturamento de carga

Após o faturamento do pedido/carga é gerada a nota fiscal de saída para ser recebida nas empresas destinos(filiais/coligadas).

Este artigo foi útil para você?
Sim
Não
Confirmar que o artigo não foi útil