Regras para definição do cálculo do preço de venda sugerido

Filtros


Atalhos para busca

Objetivo

Nesta documentação estão descritas as regras para definição do cálculo do preço de venda sugerido.

Caminho

Não se aplica.

Pré-requisitos e Restrições

Não se aplica.

Passo a Passo

  • Base custo líquido do ICMS: Esse custo é formado pela soma do valor do produto, despesas, frete e impostos não creditáveis, subtraindo impostos creditáveis.

Fórmula: Valor Negociado do Produto na Compra (Valor NF) + IPI + ICMS ST + Despesas NF + Despesas Fora NF – Descontos Fora NF – Crédito de Pis – Crédito de Cofins – Crédito de IPI – Crédito ICMS

  • Base Custo Bruto sem Impostos: Formação do custo bruto, sem a dedução de impostos creditáveis.

Fórmula: Valor Negociado do Produto na Compra (Valor NF) + IPI + ICMS ST + Despesas NF + Despesas Fora NF – Descontos Fora NF

  • Base Custo Bruto com Impostos: Formação do custo bruto, com a dedução de impostos creditáveis, exceto o crédito de ICMS.

Fórmula: Valor Negociado do Produto na Compra (Valor NF) + IPI + ICMS ST + Despesas NF + Despesas Fora NF – Descontos Fora NF – Crédito de Pis – Crédito de Cofins – Crédito de IPI

Nota: O método de precificação utilizado pela empresa é definido no cadastro da divisão.

Essa regra trata a formação do custo para qualquer origem, de acordo com cada tipo, podendo ser o custo médio do produto na empresa, custo de última entrada, tabela de custos do fornecedor.

Atividades Relacionadas

Consultar Simulação de Preços

Este artigo foi útil para você?
Sim
Não
Confirmar que o artigo não foi útil