CONSINCO | PDV – SAT Dedicado

Filtros


Atalhos para busca

CONSINCO | PDV – SAT

Objetivo

Emitir cupom fiscal eletrônico.


Como funciona

O PDV SAT, trabalha com impressoras não fiscais, pois será emitido apenas um extrato para o cliente e a venda real será eletrônica, transmitida via XML para secretaria da fazendo do estado.


Passo a passo

1) Parametrização PDV
AcruxMonitor > Configurações > Configurações de PDVs > Gerais > Modo de Operação:
Dica: Acessar aplicação para parametrização do PDV. SAT. O modo de operação do PDV SAT será “Venda cupom”.

Venda cupom

Dica: Selecionar a opção “Venda cupom”.

Impressoras

AcruxMonitor > Configurações > Configurações de PDVs > Impressoras:
Dica: O PDV SAT utilizará impressora não fiscal para emissão do comprovante de venda, a seguir veremos apenas os parâmetros pertinentes a esse modo de operação.

Modelo

Dica: Definir o modelo como SAT.

Porta

Dica: O parâmetro “Porta” será definido o número da porta COM que o equipamento está ligada na CPU. Impressoras não fiscais geralmente vem com conexão do tipo serial mas também podem ser USB. Para impressoras com conexão USB utilizadas no PDV Linux será criado uma porta COM virtual automaticamente, deverá identificar o número da porta para parametrização. Para impressoras USB utilizadas no PDV Windows, deverá instalar o driver fornecido pelo fabricante para que seja criado a porta COM virtual.

Configurações de porta

Dica: As configurações de porta só serão parametrizadas quando o equipamento não estiver seguindo o padrão recomendado, por exemplo: é recomendado que o equipamento esteja na velocidade padrão de 115200, porém o equipamento está na velocidade 9600, nesse caso será necessário adicionar essa velocidade no campo de velocidade ou então reconfigurar o equipamento mudando para a velocidade recomendada.

Contadores não fiscal

Dica: Esses parâmetros são de extrema importância para o funcionamento do PDV com a impressora, pois todas as operações não fiscais devem ser gravadas em algum lugar da impressora. Nesse caso será necessário emitir uma leitura X do equipamento e configurar os contadores de acordo com os nomes dos comprovantes não fiscais cadastrados no equipamento. Importante: Deve seguir o mesmo padrão de nome, respeitando as letras maiúsculas, minúsculas, espaço, ponto, etc. Veja exemplo abaixo:

Impressora não fiscal

Dica: Definir o modelo da impressora não fiscal que será utilizado no PDV.

AcruxMonitor > Configurações > Configurações de PDVs > SAT:
Dica: Acessar aplicação para parametrização de um PDV SAT. Clique aqui e leia também o artigo sobre ativação do SAT

Modelo

Dica: Escolher o modelo de SAT que será utilizado no PDV.

Código de ativação

Dica: Definir o mesmo código de ativação configurado no equipamento. Importante: Caso o código de ativação esteja diferente entre esse parâmetro e o código do equipamento, o mesmo será bloqueado pela Secretaria da Fazenda do Estado.

Código de barras em duas linhas

Dica: O extrato da compra que será impresso no PDV virá com QRCode impresso, que contém as informações da compra e também virá com código de barras, que também terá informações da compra, então esse parâmetro permite definir se deseja imprimir esse código de barras quebrado em duas linhas.

Código geral de operação

Dica: Definir um código geral de operação para emissão e integração das vendas SAT.

Imprimir detalhe da venda

Dica: Esse parâmetro define se desejar imprimir os itens detalhados no extrato da venda.

Configurações impressora

Dica: Esse parâmetro está definido o template de impressão da impressora, só deve mexer nesse parâmetro, quando solicitado e orientado pelo setor de Suporte.

Ambiente

Dica: Esse parâmetro define o tipo de ambiente que iremos trabalhar, homologação ou produção. No caso de clientes não é permitido utilizar em modo homologação, esse tipo só é permitido a utilização por Software House.

UTF8

Dica: UTF-8 é uma codificação binária de comprimento variável que representa qualquer carácter universal. Geralmente não é necessário alterar esse parâmetro o padrão “Sim”.

Assinatura

Dica: Esse parâmetro contém a assinatura da Consinco que será necessário vincular o SAT na Sefaz, então quando realizar o processo de associar assinatura pelo aplicativo do fabricante, deverá pegar ela nesse parâmetro, porém não é necessário que realize a associação manual, pois o próprio PDV realiza isso de forma automática. Nunca alterar manualmente essa assinatura, pois a mesma é criptografada e gerada de forma automática pelo Servidor de PDVs.

Registrar log de comunicação

Dica: Esse parâmetro ativa ou desativa a geração de log de comunicação detalhada com SAT”.

Exige autenticação para alerta de SAT inativo

Dica: Esse parâmetro ativa ou desativa a exigência de autenticação de usuário caso ocorra a inativa de um SAT por algum motivo.

Servidor remoto

Dica: Onde vamos definir o IP do servidor SAT. Existem duas maneiras de trabalhar com SAT, dedicado ou balanceado, nesse artigo vamos ver sobre SAT dedicado que significa que cada PDV terá seu SAT próprio

Balanceado

Dica: Para o processo de SAT dedicado o parâmetro “Balanceado” deverá ficar como “Não”.

IP do servidor

Dica: Só será necessário definir mais de um servidor quando trabalhar com sistema balanceado, para o sistema dedicado será necessário definir apenas o IP no servidor 1 e como será dedicado, ou seja, um aparelho ligado fisicamente em cada PDV, o IP que utilizaremos é o localhost 127.0.0.1.

Salvar

Dica: Após parametrização, clicar no botão “Salvar”.

2) Enviando configurações para os PDVs
AcruxMonitor > Comunicações > Comandos para PDVs > Enviar configuração para PDV:
Dica: Após ativar os parâmetros deverá ser enviado configurações para os PDVs

Marcar a loja ou PDV que deseja  e enviar as configurações

Exemplo de cupom fiscal

Pronto, PDV SAT vinculado parametrizado!


Assista ao vídeo:
Este artigo foi útil para você?
Sim
Não
Confirmar que o artigo não foi útil