CONSINCO | PDV – Cupom e nota fiscal

Filtros


Atalhos para busca

CONSINCO | PDV – Cupom e nota fiscal

Objetivo

Emitir cupons e notas fiscais para o segmento de “Atacarejo”.


Como funciona

O PDV em modo de emissão de cupom e nota fiscal, deverá trabalhar com impressora, pois será possível a emissão tanto de cupons quanto de notas fiscais. Esse modo pode ser operado por qualquer tipo de PDV, seja ele, Impressora fiscal, SAT, MFE e NFCe. Nesse artigo veremos o exemplo com impressora fiscal.


Passo a passo

1) Parametrização PDV
AcruxMonitor > Configurações > Configurações de PDVs > Gerais > Modo de Operação:
Dica: Acessar aplicação para parametrização do modo de operação do PDV.

Venda cupom e nota

Dica: Quando parametrizado para modo venda cupom e nota, significa que o PDV emitirá cupons fiscais através de impressoras fiscais e notas fiscais, integradas com o ERP, para isso será necessário configurar a impressora fiscal e também os parâmetros referente a emissão de nota fiscal.

Impressoras fiscais

AcruxMonitor > Configurações > Configurações de PDVs > Impressoras:
Dica: Existe vários parâmetros referente a impressora fiscal, nesse artigo vamos ver somente os principais para o funcionamento do equipamento no PDV.

Modelo

Dica: Definir o modelo da impressora fiscal que irá utilizar no PDV. Sempre que for adquirir um novo equipamento, importante confirmar se o mesmo já é homologado em nosso sistema. Modelo não fiscal não poderá ser utilizado para emissão de cupom fiscal e os modelos SAT e NFCe não se aplica nesse artigo.

Porta

Dica: O parâmetro “Porta” será definido o número da porta COM que o equipamento está ligada na CPU. Impressoras fiscais geralmente vem com conexão do tipo serial mas também podem ser USB. Para impressoras com conexão USB utilizadas no PDV Linux será criado uma porta COM virtual automaticamente, deverá identificar o número da porta para parametrização. Para impressoras USB utilizadas no PDV Windows, deverá instalar o driver fornecido pelo fabricante para que seja criado a porta COM virtual.

Configurações de porta

Dica: As configurações de porta só serão parametrizadas quando o equipamento não estiver seguindo o padrão recomendado, por exemplo: é recomendado que o equipamento esteja na velocidade padrão de 115200, porém o equipamento está na velocidade 9600, nesse caso será necessário adicionar essa velocidade no campo de velocidade ou então reconfigurar o equipamento mudando para a velocidade recomendada.

Contadores não fiscal

Dica: Esses parâmetros são de extrema importância para o funcionamento do PDV com a impressora, pois todas as operações não fiscais devem ser gravadas em algum lugar da impressora. Nesse caso será necessário emitir uma leitura X do equipamento e configurar os contadores de acordo com os nomes dos comprovantes não fiscais cadastrados no equipamento. Importante: Deve seguir o mesmo padrão de nome, respeitando as letras maiúsculas, minúsculas, espaço, ponto, etc. Veja exemplo abaixo:

CGO

Dica: Para a geração e integração dos cupons fiscais é necessário um CGO (código geral de operação). Esse CGO é cadastrado no ERP e deverá ser vinculado a impressora fiscal via parâmetro.

Nota fiscal

AcruxMonitor > Configurações > Configurações de PDVs > Nota fiscal:
Dica: Acessar menu “Nota fiscal” para parametrização da geração das notas.

CGO

Dica: Definir o código geral de operação para emissão das notas fiscais no PDV.

NSU

Dica: Definir se deseja gerar o código NSU (número sequencial único) no início ou final da venda.

Número da nota fiscal

Dica: O número da nota fiscal poderá ser gerado de três maneiras:
1º – gerar o número no inicio da venda, ou seja, ao registrar o produto será solicitado o número de nota.
2º – gerar o número no final da venda, ou seja, ao finalizar a compra será solicitado o número da nota.
3º – gerar o número na integração da venda, nesse caso os parâmetros abaixo devem estar como “Não” e assim que o servidor exportar a venda para retaguarda, será gerado o número de nota.

Lista de CGO

Dica: Permite utilizar vários códigos gerais de operações para emissão de nota fiscal no PDV, nesse caso quando registrar a venda será aberto uma lista para escolha do CGO.

Pessoa física

Dica: Esse parâmetro permite ou não a emissão de nota fiscal para pessoa física. Quando definido como “Não” só será permitido pessoas jurídicas.

Cliente padrão

Dica: No PDV é possível que trabalhe com um código de cliente padrão, esse parâmetro define se deseja emitir notas para esse cliente ou não.

Rateio de acréscimos e descontos

Dica: Esse parâmetro define de deseja ratear eventuais acréscimos ou descontos entre todos os produtos da nota.

Observação

Dica: Define se deseja solicitar preenchimento de observação no início da venda.

Despesas

Dica: Define se despesas com frete, seguro ou outros, serão compostos no valor total da nota.

Salvar

Dica: Após parametrização, clicar no botão “Salvar”.

2) Enviando configurações para os PDVs
AcruxMonitor > Comunicações > Comandos para PDVs > Enviar configuração para PDV:
Dica: Após ativar os parâmetros deverá ser enviado configurações para os PDVs

Marcar a loja ou PDV que deseja  e enviar as configurações

Exemplo de PDV

Dica: Nesse modo de operação, ao registrar o primeiro item será exibido uma pergunta ao cliente se deseja cupom fiscal ou nota fiscal.

Dica: Observação: Os parâmetro acima foram todos definidos na aba geral, ou seja, considerando que todos os PDVs usaram o mesmo modelo de impressora e porta. Deverá se atentar a isso, caso os PDVs usem modelos diferentes e portas diferentes, deverá configurar um a um, pois na aba geral será replicado a todos.

Pronto,modo de operação parametrizado!


Assista ao vídeo:
Este artigo foi útil para você?
Sim
Não
Confirmar que o artigo não foi útil